Quantcast
Channel: Revista Quem Acontece
Viewing all articles
Browse latest Browse all 668533

Conheça Mari Antunes, a nova vocalista do Babado Novo

0
0
Mari Antunes  (Foto: Divulgação)

 

Marielle Santos Antunes Rebouças ou simplesmente Mari Antunes, seu nome artístico, é vocalista do grupo Babado Novo, que projetou a carreira de Claudia Leitte, desde o ano passado. Aos 26 anos, ela conta que chegou a se formar em enfermagem e a trabalhar na área da saúde. No entanto, a paixão pela música falou mais alto.

Para estar no comando dos trios elétricos no Carnaval de Salvador, ela preparou um repertório com cerca de 300 músicas.

Casada há três anos com o contador Aldo Rebouças, ela vai estar ainda à frente do Bloco Happy, voltado ao público infantil, em que cantará com Eliana. Mas, apesar da afinididade com o publico infantil, ela não tem planos de engravidar tão cedo. "Agora não posso nem pensar nisso", diz.

Mari Antunes durante show do Babado Novo (Foto: Divulgação)

QUEM: Como está a preparação para o Carnaval?
MARI ANTUNES:
Temos umas músicas 300 ensaiadas. A teoria é que o percurso dure sete horas, mas pode chegar a dez, doze horas. Por isso, preparamos um repertório bem grande. Temos músicas da atualidade que estão bombando, as músicas atuais do Babado Novo e vamos fazer releituras do Babado antigo. Nossa música de trabalho é a "Colou, bateu, ficou". Será o nosso carro-chefe, é uma música com coreografia. Vamos lançar o clipe em breve. Quando canto essa música nos shows pré-Carnaval, vejo que a galera está curtindo, mas sou suspeita, né? (risos).

QUEM: Além do tradicional Bloco Papa, você estará no comando do Bloco Happpy, que é infantil. Gosta deste público?
M.A.:
Estarei pelo segundo ano consecutivo no Happy, que sai às ruas no sábado. É uma experiência única. Você vê as carinhas de inocência e de felicidade das crianças. Recarrega as energia. Esse ano a Eliana vai fazer uma participação especial. A expectativa é a melhor possível. Eu assistia aos programas dela quando era criança e ela cantava "Os Dedinhos". No domingo e segunda, puxarei o Bloco Papa. Será a primeira vez na avenida. Estou ansiosa e animada.

QUEM: O Babado Novo retornou com você depois de um tempo da Claudia Leitte ter partido para a carreira solo. Vocês se dão bem?
M.A.:
Só tive a oportunidade de estar com a Claudia uma vez no Carnatal, no fim do ano passado. Cantamos juntas "Beijar na Boca" e trocamos figurinhas. Tenho uma grande admiração pela Claudinha. Sou fã. Cantava algumas músicas do Babado, quando morava em Itabuna, no interior da Bahia, e, de repente, me pego cantando no próprio Babado como vocalista.

QUEM: Sempre curtiu axé?
M.A.:
Sempre tive o axé comigo. Gostava muito das músicas que axé e pagode.

Casualmente, Mari se e4ncontrou com Daniela Mercury em aeroporto na quinta-feira (24) (Foto: Instagram)

QUEM: E quem são seus maiores ídolos?
M.A.:
Gosto muito de Michael Jackson. Fui criada ouvindo as músicas dele, meu pai colocava o disco para tocar e fiquei muito triste, triste mesmo, quando ele morreu. Também gosto muito de Marisa Monte, Djavan e adoro essa turma toda da Bahia: Ivete [Sangalo], Claudia [Leitte], Daniela [Mercury], Caetano [Veloso].

QUEM: E você chegou a ser micareteira?
M.A.:
Quando tinha uns 15 ou 16 anos saí pela primeira vez para uma micareta. Era um bloco de Canavieiras, cidade de veraneio para onde fui. Nunca tive esse lado foliã. Só assisti a um Carnaval em Salvador, quando já estava me apresentando. Porque, antes, passava o feriado fazendo shows no interior, com a Banda Baile. Tocávamos de tudo.

QUEM: Você canta desde a adolescência. Este sempre foi seu sonho?
M.A.:
Embora a vontade de ser cantora tenha vindo na adolescência, estudei enfermagem. Comecei o curso com 17 anos e me formei. Minha mãe e meu pai são da área de saúde. Quando estava no 3º ano do ensino médio, meu pai estava doente e como estava nessa época de vestibular, eu optei pelo curso de enfermagem. Acho que, no fundo, sempre quis cantar e quando falei com meus pais, eles disseram que eu poderia cantar, com a condição de não parar de estudar. Eu cantava aos fins de semana e estudava durante a semana.

QUEM: E chegou a atuar na área de enfermagem?
M.A.:
Sim, menina. Eu cantava aos fins de semana e era enfermeira. Cheguei a atuar durante quase dois anos na área de saúde. Teve um momento em que comecei a trabalhar como enfermeira em um hospital e passei a perder noites fazendo plantões. Pensava: "Poxa, queria estar cantando", ligava para minha mainha e falava da minha vontade de cantar. Tinha dois empregos como enfermeira e fazia shows com uma banda que eu tinha montado. Nessa época, fui a uma produtora e dois empresários da região disseram que estavam a fim de investir em mim. Foi aí que surgiu a Sarypa. Eles fizeram a ponte de Itabuna para a empresa aqui de Salvador e aí me apresentaram aos empresários daqui. Graças a Deus, eles se interessaram.

QUEM: E como surgiu o convite para o Babado Novo?
M.A.:
Eles já conheciam meu trabalho com a Sarypa, fizeram a proposta e deu certo. Hoje estou no Babado.

Mari Antunes (Foto: Divulgação)

 

QUEM: Os shows de Carnaval exigem um bom preparo físico. Está com uma dedicação especial?
M.A.:
Faço meus exercícios e tenho uma dietinha. Era para estar puxada, pegando mais firme nisso. Só que a minha agenda de shows neste mês está muito grande. Quando tenho um periodozinho livre, dou prioridade aos exercícios, não só por conta da estética, mas porque é preciso ter fôlego para puxar o trio. Também estou com o acompanhamento de um médico ortomolecular. Os shows de carnaval exigem muito.

QUEM: O que está vetado na sua dieta?
M.A.:
Chocolate não estou comendo de jeito nenhum. Mas, para ser sincera, não sou fã de chocolate em barra. Gosto mesmo é de achocolatado. Sabe o chocolate em pó no leite? Isso eu não resisto. E olha que o leite nem é muito indicado, não faz muito bem às cordas vocais. Além do leite, evito frituras. Tenho feito mais refeições com massas integrais e comido muitas frutas. Se eu vejo um barraquinha de banana na rua, eu paro e compro.

QUEM: Você está casada, né? Como o marido lida agora que tem uma mulher famosa?
M.A.:
Eu sou casada e o maridão, que não é do meio artístico, entende bem a minha profissão, ele é tranquilo. Estamos juntos há um bom tempo. Estamos casados há três anos. Ele sempre soube da minha vontade de estar na música.

QUEM: E o que vocês gostam de fazer no tempo livre?
M.A.:
Quando tenho a chance de ter uma folga, fico em casa. Não sou muito de sair, lá recarrego as energias.

QUEM: Você vai puxar um bloco infantil. Já tem vontade de ser mãe?
M.A.:
Tenho vontade de ser mãe, mas agora não posso nem pensar nisso. Se nascer um 'babadinho' não vai dar para conciliar. Penso em ter um filho futuramente, daqui uns seis anos. Quando vejo as crianças lá embaixo do trio, fico encantada. As mães capricham nas fantasias da criançada e eu fico "Ô meu Deus, que coisa linda".

Mari Antunes (Foto: Divulgação)

Viewing all articles
Browse latest Browse all 668533

Latest Images





Latest Images